40 anos

Há exatas quatro décadas atrás, nesta hora, eu estava com minha família numa sala com as janelas cortinadas por cobertores grossos assistindo em preto e branco ao pouso dos americanos na Lua. Era de tarde. A sensação que eu me lembro era de que algo importante e único estava acontecendo, já que  absorvia completamente a atenção dos adultos, boquiabertos e orgulhosos.
Eu, criança, pouca idéia tinha disso tudo. Brincava de viver. Conceitos como futuro, espaço, navegação me eram naturalmente estranhos; mas mesmo assim os tacos do assoalho ficaram marcados nos meus joelhos enquanto eu via, siderado, aqueles bonequinhos brancos se mexendo no tubo.
Hoje, mergulhado no futuro que lá atrás eu desconhecia, olho de volta no tempo, desejoso sem estranhar de querer voltar e tentar fazer um caminho radicalmente diferente do que fiz.
Um caminho que viesse a me levar definitivamente próximo à estrela que meu coração envelhecido resolveu assestar e que, hoje, cada vez mais, miseravelmente, se afasta de mim.
À incrível velocidade da luz.

Anúncios

One Response to 40 anos

  1. Sentimental disse:

    não sei se esqueci ou se não vivi grandes emoções na minha infância, mas gostaria muito de poder lembrar com tantos detalhes assim, de algo q aconteceu na minha vida.
    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: