Críticas e elogios

23/09/2013

O melhor elogio – incluindo aí o seu oposto – vem, não de um cérebro bem dotado, mas de um cérebro atento.
Cerquemo-nos, portanto, de cérebros atentos!